Português
filipeq3
2

As perguntas são de quando Paulo vai à festa da Glória com Sá e vê Lúcia lá! Começa nesse parágrafo: "A lua vinha assomando pelo cimo das montanhas..." e vai até ..."Quanto a Lúcia, fazendo-nos um ligeiro aceno....em risco de ser esmagada pelo povo." 1. No capítulo, o narrador apresenta a protagonista da história - a) que impressão inicial a moça lhe causa? b) o diálogo que o narrador e seu amigo tem com ela confirma essa impressão? Por quê? 2. No final do mesmo capítulo, o narrador, que na verdade está escrevendo uma longa carta, comenta com a senhora que vai receber. "Nunca lhe sucedeu, passeando em nossos campos, admirar algumas das brilhantes parasitas que pendem dos ramos das árvores, abrindo ao sol a rubra corola? E quando ao colher a linda flor, em vez da suave fragrância que esperava, sentiu o cheiro repulsivo de torpe inseto que nela dormiu, não a atirou com desprezo para longe de si?" a) explique a metáfora das "brilhantes parasitas", considerando a impressão que a moça causa no narrador. b) considere o sentido da palavra parasita e procure relacioná-lo à visão do narrador-personagem sobre Lúcia. 3) O primeiro parágrafo do fragmento mostra um aspecto estilístico típico das narrativas de Alencar. Identifique-o e comente-o. 4) As narrativas urbanas apresentam as convenções sociais do período. a) qual convenção é importante para compreendermos a condição diferenciada da vida de Lúcia? Explique. b) o que a presença de Lúcia em uma festa popular sugere sobre a sociedade do período? 5) o trecho contrapõe doutor Sá e Paulo, homens com diferentes conhecimentos da sociabilidade da côrte. Compare-os e justifique essa diferença.

+0
(1) Respostas
dandamandrade123

1-) A) A primeira impressão de Paulo foi que a moça era elegante, doce e ingênua de castidade. B) Sim. Porque Paulo acredita que Lúcia foi à "festa da Glória" para devoção e defende- a das acusações do amigo.

Adicionar resposta