Psicologia
bborges
1

O teste de inteligência desenvolvido por Alfred Binet deu base para a construção de diversos outros testes que visam mensurar o quociente intelectual das crianças. Segundo Fontana e Cruz (1997), a perspectiva inatista-maturacionista de Binet, de forma geral, influenciou grandemente a educação. Segundo essas autoras, as primeiras aproximações entre Psicologia e Educação ocorreram a partir dessa perspectiva teórica de desenvolvimento humano. O entendimento de que a criança possui uma inteligência inata e de que ela seguirá padrões fixos de desenvolvimento contribuiu historicamente para que se pensasse a educação apenas como facilitadora desse processo inato de desenvolvimento. Sobre a teoria inatista-maturacionista e sua influência na educação, analise as assertivas a seguir e assinale a alternativa correta.  A teoria inatista-maturacionista pressupõe que a inteligência e as habilidades do sujeito são determinadas por sua relação com o meio em que vive. As propostas pedagógicas orientadas nessa perspectiva consideram que os conteúdos escolares só podem ser ensinados quando a criança atinge a maturidade necessária para aprendê-los. As propostas pedagógicas orientadas nessa perspectiva defendem a aprendizagem escolar por condicionamento respondente. A abordagem inatista-maturacionista pressupõe que o professor deve ser instrumentalizado para aplicar testes de inteligência e, assim, desenvolver metodologias específicas para crianças com necessidades especiais. A teoria inatista-maturacionista considera que a melhor metodologia de ensino é a modelagem de comportamentos.

+0
(1) Respostas
kerollen

II- RESPONDI NO AVA

Adicionar resposta