Psicologia
carlita
1

Sobre a predominância feminina no magistério brasileiro, leia o trecho abaixo: Ao longo do século XX, a docência foi assumindo um caráter eminentemente feminino, hoje, em especial na Educação Básica (composta da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio), é grande a presença de mulheres no exercício do magistério. De acordo com o primeiro Censo do Professor, 14,1% da categoria é constituída de homens e 85,7% de mulheres. Levantamento realizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) com 52 mil professores brasileiros mostra que 97,4% dos docentes de 1a a 4a série do Ensino Fundamental são mulheres. Elas ocupam 80,6% das 5as até as 8as séries desse ensino e 60,8% do Ensino Médio. A pesquisa da CNTE aponta ainda que entre diretores, coordenadores e supervisores ligados à Educação Básica 90,1% são mulheres. Podemos analisar a predominância feminina no magistério brasileiro revelada por esses dados como sendo resultado de vários fatores. Dessa forma, todos os fatores abaixo foram importantes para essa condição, EXCETO:

+0
(1) Respostas
josuepanjos

A promulgação da lei das escolas de primeira letra em 1827 

Adicionar resposta